Monthly Archives

outubro 2016

estilo

10 dicas de como se vestir bem

Eu ando em uma espécie de guerra com o meu guarda roupa. E você? Roupas que eu comprei e depois me arrependi ou que não combinam mais comigo.

Depois que adquiri mais conhecimentos sobre imagem, estilo pessoal e a influência das cores na aparência, baixou a Marie Kondo em mim e tenho sido a louca do closet cleaning. Para quem não sabe, resumidamente é o ato de dar uma geral no armário e tirar tudo que não se quer usar mais. Resolvi que era hora de botar a mão na massa e construir uma nova imagem, de uma forma consciente e condizente com o que sou hoje, afinal, a gente vive em constante mudança, de idade, corpo e mente.

E nessa jornada de reconstrução do meu guarda-roupa, divido aqui as descobertas do caminho, 10 dicas para se vestir bem:

10-dicas-de-como-se-vestir-bem-consultoria-imagem-estilo-00

 

 

1.Tenha um espelho de corpo inteiro

Parece óbvio mas euzinha mesmo não tinha. “Nossa, mas como, uma profissional da moda…”. Pois é, nessas de me mudar de casa toda hora – só para você ter uma ideia, foram 5 em 10 anos – eu não comprava, na esperança de um dia ter um grandão de porta de armário, tipo closet dos sonhos. Caí na real e hoje eu tenho um de chão, da Tok Stok, que faz a belíssima função.

 

2.Conheça o seu corpo

Alta? Baixa? Analise cada parte do seu corpo, individualmente e comparativamente. Por exemplo, se o seu ombro é estreito ou não, se comparado com o seu quadril. Pescoço longo ou curto, busto pequeno ou grande, e por aí vai. Uma consciência maior sobre o nosso corpo facilita a identificação dos pontos fortes e fracos para começar a jogar o jogo de realçar (os pontos fortes) versus esconder (os pontos fracos). Eu sou retangular, ou seja, um ponto que posso acentuar na minha silhueta é a cintura.

10-dicas-como-se-vestir-bem-consultoria-imagem-estilo-02

3.Decifre o seu estilo

Na consultoria de estilo a gente aprende que existem 7 estilos universais: natural esportivo, elegante, clássico, sexy, romântico, urbano e criativo. Dificilmente seremos apenas um, e sim uma mistura de dois ou três estilos. Falarei mais sobre eles em outro post, mas veja abaixo algumas fotos de cada um.

10-dicas-como-vestir-consultoria-imagem-estilos-universais-03

natural esportivo (Richards), elegante (Cris Barros) e clássico (Cori)

 

10-dicas-como-vestir-consultoria-imagem-estilos-universais-04

sexy (Animale), romântico (Maria Filó), urbano (Gloria Coelho) e criativo (Fernanda Yamamoto)

 

4.Tenha uma musa inspiradora

Ter uma musa inspiradora é interessante para quem não tem a mínima ideia de por onde começar. Eu sugiro escolher alguém com a mesma idade, tipo de corpo que o seu e com o modo de vestir que lhe agrada. É uma forma de treinar olhar e descobrir o seu próprio estilo. Como disse o estilista e criador Yohji Yamamoto “comece copiando o que você ama. Copie, copie, copie, copie. Ao final da cópia, você encontrará a si mesmo”.

10-dicas-como-vestir-bem-consultoria-estilo-celebridades-05

Olivia Palermo, Gwyneth Paltrow e Michelle Obama

 

5.Qualidade X Quantidade

Um guarda-roupa abarrotado de peças, que nem dá para ver direito o que se tem dentro – e a gente usa o que a gente vê – ou um guarda roupa funcional, com poucos artigos mas de qualidade e atemporais, mas que sabemos que vão durar mais tempo? Tire um fim de semana – música e vinho acompanhando – para rever o que você já tem e pensar em novas coordenações. Ao comprar um item novo, lembre-se que ele deve combinar com mais outras duas peças. Dê preferência para os tecidos nobres, como o algodão, linho e seda – veja a composição na etiqueta. Poliéster, use com moderação.

 

6.Caimento

Sem pressa ao se olhar no espelho. “Não economize tempo no provador”, conselho de Michael Kors. A peça ficou boa? Observe como a blusa ou calça veste em você. Justa demais? Marca as gordurinhas localizadas? E a modelagem? Nada de comprar ou usar aquele blazer, de tamanho maior, que lembra o Didi Mocó Sonrisal Colesterol Novalgino Mufumbo, hein?

 

7.A peça nobre

Aqui eu chamo de nobre uma peça de tecido plano. Por exemplo, vai de calça jeans? Que tal uma camisa no lugar da camiseta de malha? Ou camiseta básica com saia de alfaiataria. Adoro me sentir confortável, mas podemos deixar o look malha total para os momentos de lazer.

10-dicas-como-vestir-bem-consultoria-imagem-estilo-06

 

8.Invista nos acessórios

Confesso que sou aprendiz neste quesito. Deve ser trauma de infância. Quando criança, minha orelha ficou vermelha e inchada como um pimentão. Alergia. Cresci longe das bijuterias. E das jóias também $$$$. Mas para quem está investindo em um armário compacto e com peças coordenáveis, os colares, brincos e pulseiras são de extrema importância para dar um charme na produção. Não esquecendo da bolsa e sapatos. Olha as camisetas básicas com os colares, relógios e pulseiras, que diferença no look!

10-dicas-como-vestir-bem-consultoria-imagem-estilo-07

 

9.Atenção aos detalhes

A correria do dia a dia faz com que a gente viva no piloto automático, deixando os detalhes passarem despercebidos. Camisa para dentro ou fora da calça? Roupa desbotada ou furada, merece ficar de fora do armário. E as barras das calças? A gente sai da loja com uma calça que nunca tem o comprimento certo para o nosso corpo. Arrumar um tempinho para levá-la ao conserto é sempre um item que fica em último da lista. Fica aqui o desafio.

 

10.Fotografe o seu look

Clique as suas produções, assim fica mais fácil ter uma noção do que te deixa bonita. As celebridades sabem pois já estão acostumadas com isso.

 

A ideia foi sair do piloto automático e botar a cabeça para pensar. Praticar o exercício do vestir com mais consciência e clareza. De “modo despretensioso”off para “modo sei o que estou fazendo”on. É isso, espero que você tenha gostado!

 

 

 

 

crédito fotos: alittleleopard.com, fashionmilind.blogspot.com, Pinterest

estilo

Descubra qual cor combina com você

Você se interessa por moda?

Já comprou roupa que depois ficou no guarda-roupa, sem conseguir usá-la?

Você vê aquela blusa apaixonante… Na loja, várias opções de cores. E aí, qual levar?

Descubra qual cor combina com você!

descubra-qual-cor-combina-com-voce-consultoria-imagem-estilo-00

 

Você vai gostar de saber disso! A Análise de Coloração Pessoal ajuda a descobrir qual cor combina com você.

Não sabe o que é isso? Pode deixar que eu te explico.

Na análise de cor pessoal, a gente avalia o tom de pele e identifica quais cores o favorecem. Descobrir é revelador e usar as cores que combinam com você é aparentar mais harmonia. Jovialidade. Beleza é harmonia, equilíbrio e proporção.

Então, aquele blusinha que foi comprada na loja e depois esquecida no armário de casa, ela provavelmente deve ser na cor que não é para você, que inconscientemente sabe disso. E a análise cromática tem a função de te trazer para essa consciência. Seu lado racional. Pois comprar sempre é um ato emocional, não é mesmo?

O teste de cor é feito pessoalmente e individualmente, afinal existem tonalidades diversas de tom de pele. A Pantone, empresa que criou o padrão de cores utilizado na indústria gráfica e da moda, até desenvolveu o Pantone Skin Tone™, e uma fotógrafa, Angelica Dass, fez um belíssimo projeto inspirado nele.

tom-pele-pantone-combina

Projeto fotográfico de Angelica Dass, inspirado no guia de cores Pantone Skin Tone™

 

Sobre o resultado do teste, ele tem como referência as quatros estações: Primavera, Verão, Outono e Inverno. Vamos começar vendo abaixo suas principais características. Quem sabe você se identifica em uma delas?

descubra-qual-cor-combina-com-voce-consultoria-imagem-estilo-cores-frias

VERÃO

Baixo contraste de cor de cabelo, olhos e pele

Sub tom de pele frio (ausência de amarelo) e rosado

Cabelos acinzentados, loiro acinzentado

Olhos opacos: azul acinzentado, marrom acinzentado, verde acinzentado

INVERNO

Alto contraste entre cor de cabelo, olhos e pele

Sub tom de pele frio (ausência de amarelo), mas nem sempre visível o tom rosado da pele

Cabelos escuros, acinzentados

Olhos intensos: preto, marrom escuro, castanho, azul vivo

Pegadinha: algumas pessoas – eu! – tem o tom amarelado na pele, mas na verdade ele é caracterizado e chamado de oliva, cor de pele comum na região do Mediterrâneo e Ásia

 

descubra-qual-cor-combina-com-voce-consultoria-imagem-estilo-cores-quentes

OUTONO

Médio para alto contraste entre cor de cabelo, olhos e pele

Sub tom de pele quente e dourado opaco

Cabelos marrons, dourados e acobreados

Olhos escuros e terrosos: verde escuro, azul escuro, tons de marrom, verde jade

PRIMAVERA

Baixo e médio contraste entre cor de cabelo, olhos e pele

Sub tom de pele quente. Pele dourada, quente e brilhante

Cabelos avermelhados, castanho dourado, loiro dourado

Olhos: castanho dourado, verde claro, azul esverdeado, azul claro

 

Uma análise mais aprofundada irá avaliar outras peculiaridades da pele, como a profundidade (clara ou escura) e a intensidade (opaca ou viva), que identificará qual o seu tipo de pele, um entre 12 tipos, o método expandido das estações do ano. Assunto para um próximo post!

 

Sobre as cores:

Escolhi algumas de uma gama de 50 cores. Segui as cartelas impressas do Studio Immagine, material de Luciana Ulrich, especialista em Coloração Pessoal e vice-presidente da Associação Internacional de Consultores de Imagem, AICI Brasil.

As cores visualizadas na tela do computador/tablet/celular ficam diferentes quando impressas. Ou seja, imprimi-las em casa não servirá como base de sua cartela.

 

Sobre o teste de coloração pessoal:

Reitero que o teste é feito pessoalmente e individualmente, e só ele mostrará com exatidão o seu tipo de pele e respectiva cartela de cor. Mas nada impede de estudar e tentar adivinhar qual é!

 

Espero que tenha gostado!

 

crédito fotos: Pinterest